Material apreendido | Foto: Suyanne Lima

Douglas Gomes Rocha, de 22 anos, e Franciney da Silva Araújo, de 35 anos, foram presos no início da tarde desta terça-feira (31), por volta do meio-dia, após assaltarem passageiros de uma lancha na comunidade Livramento, na Zona Rural de Manaus. Eles fizeram o proprietário e o co-piloto de reféns após se passaram por passageiros. 

Conforme o tenente Tiago Ribeiro, do Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAMB), os suspeitos só anunciaram assalto depois que alguns passageiros desceram da embarcação e o proprietário estava com a renda da viagem.

“Só tinham quatro passageiros durante o assalto. Os bandidos, de imediato, amarraram dois passageiros e deixaram em uma praia. Eles seguiram com o proprietário e o co-piloto para outro ponto, onde agrediram as vítimas e as deixaram amarradas. 

O tenente informou que, por volta das 12h30, ribeirinhos foram até a base fluvial da Polícia Militar e acionaram as autoridades para atender a ocorrência. As equipes iniciaram as diligências e um dos trabalhadores da lancha contou que visualizou a lancha na outra margem do Rio Negro.

Os suspeitos foram interceptados quase na entrada do município de Iranduba (distante 27 quilômetros em linha reta de Manaus). Para dificultar a abordagem policial, Douglas e Franciney estavam vestidos com o fardamento de uma associação de transporte fluvial, mas acabaram sendo reconhecidos e presos. 

Durante a ação, a polícia apreendeu uma pistola calibre 380 com 12 munições e dinheiro. A dupla foi conduzida ao prédio do 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foram adotados os procedimentos cabíveis.