O governador do Amazonas Wilson Lima (PSC) anunciou na tarde desta terça-feira investimentos para Boca do Acre, no campo da infraestrura, segurança e abastecimento de água. Em reunião no Palácio do Governo, em Manaus, solicitada pela vice-prefeita Luciana Melo (PSC), com a participação do vereador Wilkerson Roderick (PSC), Wilson garantiu que o Governo do Amazonas vai melhorar a qualidade do serviço de abastecimento de água potável no município de Boca do Acre, com o investimento superior a 1,8 milhões. Um Termo de Cooperação Técnica entre a prefeitura municipal e a Companhia de Saneamento do Amazonas (Cosama) será assinado para a execução do projeto.

“Já está pronto o nosso convênio para a recuperação do Sistema de Abastecimento de Água. Vamos colocar água potável na casa dos moradores de Boca do Acre, que é um problema histórico”, afirmou Lima.

“Esse é um problema que vem se arrastando há muito tempo, um anseio da população bocacrense e esse projeto vai ajudar muito. A gestão do prefeito Zeca colocou essa situação como prioridade, pois isso significa que o Município e Estado estão investindo na saúde dos moradores do município e na qualidade de vida para a população. É uma conquista a se comemorar e a agradecer todo o apoio e comprometimento do governador”, destaca Luciana.

SEGURANÇA

Na audiência, Wilson Lima assegurou o investimento de R$ 500 mil na recuperação de ramais e o reforço de duas viaturas policiais para melhorar a segurança em Boca do Acre.

MULHERES

Por meio da Secretaria Executiva do Trabalho e do Empreendorismo (Setemp), o Governo do Amazonas anuncia a continuidade do Projeto “Consulado da Mulher Empreendedora” no município de Boca do Acre. De acordo com a coordenação do projeto, os equipamentos para a montagem de uma cozinha industrial já estão na sede da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, no bairro Praia do Gado, zona urbana da cidade.

Na unidade, será oferecido gratuitamente o curso de cozinha e culinária básica profissional e empreendedorismo para mulheres em situação de risco social. O recurso para o projeto é oriundo de emenda parlamentar do deputado estadual Dr. Gomes (PSC) e do Termo de Fomento 01/2021 – SEDECTI, conforme o Portal da Transparência do Governo do Estado do Amazonas, que já investiu mais de R$ 600 mil nas duas edições do projeto.