SORRISOS
Um grupo de secretários e gestores de autarquias estaduais estão sorridentes com o retorno do governador Wilson Lima (PSC). Tudo porque eles pegaram um gelo do vice-governador Carlos Almeida (PRTB). Acreditam que, com a chegada do “homem”, eles consigam destravar alguns projetos importantes para o Estado.

Segundo as fontes do palácio da Compensa, com a caneta na mão, Carlos Almeida distribuiu chá de cadeira para um grupo de secretários estaduais. “Com esse rei na barriga, ele trava o Estado assim”, reclama um assessor de confiança do Governo estadual.

Na sua pífia passagem pela SUSAM, a reclamação era a mesma. Há quem diga também que o vice precisa rever urgentemente o seu staff.

ABRE O OLHO, WILSON!”
Um portal de Manaus mandou um recado para o governador Wilson Lima: “ABRE O OLHO PARA O TEU VICE”. Segundo a matéria, no comando do Estado, o vice-governador não quer dividir os holofotes com secretários que têm mostrado trabalho e chamado a atenção da imprensa.  

Recebemos informações de que o mesmo está dando um chá de cadeira nos secretários e colocando aqueles que mais tem ganhado destaque pelo trabalho realizado no governo ‘ na geladeira’ quando Almeida está como Governador em exercício (sic)”, dizia a nota.

TEM SALVAÇÃO
A verdade é que o governo de Wilson Lima ainda não disse a que veio. As críticas vão do seu Zé que mora na Zona Leste de Manaus aos parlamentares da bancada amazonense em Brasília. “Ele não me chama para conversar” é a frase mais ouvida da boca dos parlamentares. Quem perde com isso é o Amazonas!

Porém, tem salvação! Wilson conseguiu reunir alguns nomes bons no seu secretariado. É o caso da titular da Sejusc, a defensora pública Caroline Braz. Ela é a queridinha dos movimentos sociais, em especial os que defendem os direitos das mulheres, crianças e negros.

TEM SALVAÇÃO 2
“A capacidade dela (Caroline Braz) de escuta e de agregar as pessoas é um diferencial”, disse à coluna uma das líderes do movimento feminista de Manaus.

Já outra liderança ligada a luta das pessoas com necessidades especiais, exalta o trabalho da defensora com os grupos que buscam a assistência do Estado, deixando claro uma coisa: “A dra. Carol luta com a gente, enquanto a SEPED ( Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência) é só fogo de palha!”

TEM SALVAÇÃO 3
O produtor Marcos Apolo é outro que tem sido bem avaliado por quem procura a Secretaria de Estado de Cultura (SEC). Cria de Robério Braga, o perfil técnico de Apollo se une ao seu jogo de cintura ao lidar com determinados assuntos na secretaria. A ajuda antecipada aos bois de Parintins foi considerada uma jogada de mestre.

TEM SALVAÇÃO 4
Na Sepror, Petrúcio Junior, é outro secretário que alia o perfil técnico com capacidade de fazer política. Ele tem movimentado o Setor Primário no Estado, tanto que tem muito político da capital e do interior querendo pegar carona no seu trabalho.

Com o pagamento da subvenção econômica da juta e malva para aproximadamente 700 produtores rurais de 12 municípios do Estado, a Sepror injetará mais de R$ 3,5 milhões no Setor Primário.

TEM SALVAÇÃO 5
E, para encerrar, capitaneada pela advogada Neila Azrak, a Secretaria de Estado de Trabalho (Setrab) comemora os números positivos. Conforme revela o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o Amazonas apresentou aumento no número de pessoas colocadas no mercado de trabalho no mês de abril.

Fruto de intercâmbios internacionais, o Governo do Estado, por meio da Setrab, busca implantar o Laboratório Técnico de Artesanato no Amazonas. A iniciativa vai beneficiar cerca de 220 artesões de oito municípios.