O bairro Cidade Nova, na zona Norte de Manaus, é o que concentra o maior número de infectados pela Covid-19 na capital, com 9.763 casos no total. Dados da Fundação de Vigilância em Saúde do Estado do Amazonas (FVS/AM) apontam que Manaus chegou a marca de 142.386 pessoas com a doença, ou seja, 46% dos casos registrados em todo o Amazonas, que soma 307.164 registros. As informações são do Toda Hora.

As informações da FVS levam em consideração o acumulado de toda a pandemia, desde o mês de março de 2020 quando foi registrado o primeiro caso na capital, até fevereiro de 2021. Os dados são referentes aos 63 bairros de Manaus, oficialmente reconhecidos pela prefeitura do município, por meio de dados coletados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Do número de casos na capital, a Cidade Nova lidera com 9.763 casos; em seguida vem São José, na zona Leste com 4.504 registros; o terceiro lugar é ocupado pelo Parque 10, na zona Centro-Sul, com 4.400 infectados; o Novo Aleixo, na zona Norte, tem 4.240 casos, seguido do bairro de Flores, na zona Centro-Sul, com 3.950 infectadas pela doença. 

Zona Rural

Juntos, os bairros de Manaus somam aproximadamente 108 mil casos, segundo registros divulgados até o último sábado, 20/02. Os outros 33 mil casos que aparecem nas estatísticas da FVS e que não somam nos bairros estão fora da área urbana. 

Segundo a assessoria de comunicação da FVS, a área técnica do órgão explicou que essa diferença de casos é de residentes da zona rural e de pessoas onde não há informação de endereço ou com alguma informação errada.

Últimos 14 dias

O Painel de Monitoramento da Covid-19 da FVS mostra diariamente um balanço dos últimos 14 dias, dos bairros com maior incidência da doença em Manaus, por 100 mil habitantes.

Neste sentido, o Centro, na zona sul, lidera os casos registrados nas últimas duas semanas, com 1.880 infectados. Depois vem Distrito Industrial I, com 1.663 casos; Santa Luzia, com 1.480 e São Francisco, com 1.221 registros. Esses dados são calculados a cada 100 mil habitantes.

“Para comparar a frequência da ocorrência da doença a gente não poderia usar um número absoluto, ou seja, o total de casos da doença em cada bairro, isso porque os bairros com maior população certamente vão ser os bairros com maior número de casos. Então nosso método de comparação é através do cálculo de um indicador que leva em consideração o tamanho da população de cada bairro, ou seja, a gente calcula uma taxa de incidência que é o número de casos dividido pela população”, destacou Daniel Barros, assessor da Sala de Situação do Amazonas, da FVS.

Os 10 bairros mais atingidos

1- Cidade Nova – 9.763 

2- São José – 4.504

3- Parque 10 – 4.400

4- Novo Aleixo – 4.240

5- Flores – 3.950

6- Alvorada – 3.903

7- Coroado – 3.850 

8- Jorge Teixeira – 3.670

9- Compensa – 3.093

10- Japiim – 3.076