A Prefeitura de Manaus prorrogou a interdição do Complexo Turístico da Ponta Negra, em Manaus, conforme decreto publicado em edição extra do Diário Oficial de segunda-feira (1º). O local seguirá interditado até o dia 15 de março por causa do aumento de casos de Covid-19.

A praia está interditada desde o dia 18 de setembro, quando o número de casos por coronavírus começou a aumentar. De acordo com o último boletim divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), o total de casos confirmados da doença passa de 300 mil em todo o estado e o número de mortos ultrapassou 11 mil.

Na área do calçadão, onde a população voltou a frequentar o espaço para atividades físicas ao ar livre, em decorrência da flexibilização do decreto estadual, a Guarda Municipal mantém a fiscalização e orientação aos usuários.