Foto: CDC/Unsplash

Na manhã desta segunda-feira (22), por voltas das 11h, homens armados, com metralhadoras, invadiram a Unidade Básica de Saúde, de Ponta Negra, zona sul de Natal e roubaram duas ampolas da vacina contra o novo coronavírus, que equivalem a 20 doses. Um funcionário foi agredido pelos criminosos e tele seu telefone roubado. As informações foram apuradas pelo Uol. 

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e da Defesa Social ( Sesed ), a Polícia Militar e a Guarda Civil estão envolvidas nas investigações do caso e até o momento, ninguém foi preso. 

Segundo a Sesed, os homens estavam rondando a unidade de saúde e a direção ligou para a Guarda Municipal. Porém, depois a equipe se ocupou, pois teve que atender uma ocorrência e foi nesse momento que o grupo se aproveitou e invadiu a unidade de saúde. Cerca de quatro homens participaram do crime e se dividiram em duplas. Uma foi deixada do lado de fora para dar cobertura ao assalto. 

Segundo a Sesed, os homens estavam rondando a unidade de saúde e a direção ligou para a Guarda Municipal. Porém, depois a equipe se ocupou, pois teve que atender uma ocorrência e foi nesse momento que o grupo se aproveitou e invadiu a unidade de saúde. Cerca de quatro homens participaram do crime e se dividiram em duplas. Uma foi deixada do lado de fora para dar cobertura ao assalto. 

Não se sabe ainda a quantidade exata que foi roubada, mas cerca de duas ou quatro ampolas da vacina foram retiradas, totalizando aproximadamente 10 doses em cada frasco. 

A direção da unidade de saúde relata que os homens só levaram doses da vacina. A Sesed conta que os criminosos sabiam que lá havia doses da vacina CoronaVac e ressalta que a Polícia Civil vai apurar caso. O Rio Grande do Norte tem cerca de 183.907 pessoas infectadas pelo vírus e 1.145 óbitos pela covid-19.