Foto: Patrick Marques/G1 AM

Uma adolescente de 15 anos morreu e outras quatro pessoas ficaram feridas após serem baleadas na rua Marquês da Silveira, no bairro Cachoeirinha, Zona Sul de Manaus, na noite de quarta-feira (29). Segundo testemunhas, um homem pichava a sigla de uma organização criminosa, quando homens em um carro pararam e atiraram contra ele.

O homem conseguiu fugir, mas as cinco pessoas que estavam na rua foram baleadas.

De acordo com testemunhas do crime, pessoas em um carro passavam pela rua, por volta de 19h30, quando viram o homem ao pichar a sigla de uma organização criminosa em um muro. Segundo a 1ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), cinco homens estavam no carro e três deles desceram.

As testemunhas informaram ainda que os suspeitos tentaram atirar no homem que pichava o muro, mas ele correu. Enquanto tentavam balear ele, cinco pessoas que estavam na rua foram baleadas.

A adolescente, o companheiro dela e outro homem estavam em um lanche, próximo de uma escola de samba onde ensaiariam quadrilha, quando foram atingidos pelos disparos. Outro baleado, segundo a 1ª Cicom, foi um sargento da Polícia Militar lotado na Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), que passava pela rua em um carro particular.

As vítimas foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhadas para o Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto. A adolescente não resistiu e morreu momentos depois de ter sido baleada. Não há informações sobre o estado de saúde dos outros feridos.

O corpo da jovem foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). O caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), para descobrir quem cometeu o crime.

Leia mais: