O Instituto Federal do Amazonas (Ifam) está produzindo componentes para a montagem de máscaras de proteção facial (face shield) destinadas aos profissionais de saúde que estão atuando no tratamento de pacientes com a Covid-19. A produção é feita por meio do Centro de Tecnologia Harlan Marcelice (CTHM), localizado no Campus Manaus Distrito Industrial, que faz parte da rede de impressão 3D do modelo Prusa.

Segundo o pró-reitor de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação do Ifam, professor José Pinheiro de Queiroz Neto, o Instituto tem capacidade de produção de 50 máscaras semanais. “A quantidade poderá ser aumentada se outras impressoras 3D forem colocadas em operação. Esta é uma maneira do Ifam contribuir com o esforço nacional no combate à pandemia da covid-19”, explicou.

De acordo com o reitor do Ifam, professor Antonio Venâncio Castelo Branco, a produção dos componentes é uma oportunidade para o Instituto devolver à sociedade o investimento que é feito na produção do conhecimento, por meio de servidores e alunos. Afirmou ainda que serão disponibilizadas mais três impressoras 3D para auxiliar na produção das máscaras de proteção facial. “Além da produção do equipamento de proteção para os profissionais da saúde, estamos no aguardo da entrega da matéria-prima para a produção de álcool em gel, que também contribuirá no combate ao coronavírus”, disse.

Após a produção, as máscaras serão distribuídas gratuitamente para profissionais de saúde que estão atuando no combate a Covid-19. No Ifam, a equipe é liderada pelo professor José Fábio de Lima Nascimento e conta com a participação do aluno Alisson Franckin Gomes Noronha e dos professores Marlos André Silva Rodrigues e Hillerman Ferreira Osmidio Lima. Além da médica Alice Nascimento, responsável pelo teste e verificação da funcionalidade do equipamento.