O Amazonas registrou saldo positivo na geração de empregos no mês de junho, com a abertura de 1.683 vagas de trabalho com carteira assinada, uma variação de 0,37% em relação a maio. Os dados estão no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quinta-feira (25) pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia. 

________ Leia mais:
+ ALE aprova Fundo Estadual do Trabalho; Amazonas garante R$ 7 milhões para geração de emprego e renda
+ Com incentivo da Setrab, artesãos faturam mais de R$ 720 mil em feiras e exposições

Seis, dos oito setores da economia, fecharam o mês com saldo positivo no estado. A Indústria de Transformação foi a principal responsável pelo resultado, com abertura de 509 postos. Também tiveram saldo positivo Construção Civil, Serviços, Comércio, Serviços Industriais de Utilidade Pública e Agropecuária (confira tabela). 

Desempenho nacional

Em todo o Brasil, foram criados, em junho, 48.436 empregos formais, o melhor resultado registrado para o mês desde 2013. Os números do Caged representam uma alta de 0,13% em relação ao estoque do mês anterior. 

No consolidado do semestre, os números de junho são os melhores desde 2014. Foram 408.500 novas vagas formais nos primeiros seis meses de 2019, resultado superior ao mesmo período do ano passado, quando foram gerados 392.461 empregos. 

No acumulado dos últimos 12 meses, em período encerrado em junho de 2019, o saldo entre admissões e desligamentos ficou positivo em 524.931 novos postos formais, que representa melhoria em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram gerados 280.093 novos empregos.

(Fonte: Ministério da Economia)


Leia mais: