De olho nas Eleições Municipais que se aproximam, o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) está em processo de reformulação e de fortalecimento, mirando ainda a participação feminina e a juventude. Quem comanda esse processo é o vice-governador Carlos Almeida, que ainda é filiado ao PRTB, mas que já prepara seu desembarque na legenda de Roberto Jefferson, em abril. Ele conta com a parceria de Ricardo Francisco, irmão do presidente nacional do PTB e quem comanda atualmente a sigla no AM.

Francisco é titular da SECT (Secretaria de Estado das Cidades e Território), antiga SPF, e é considerado um experiente articulador político, reconhecido nacionalmente. Alguns nomes já foram sondados para ingressar na legenda com o intuito de serem lançados pré-candidatos, um deles é o deputado estadual Saullo Viana, que nega pré-candidatura, mas é fortemente cotado para a Prefeitura de Parintins.

Mulheres e jovens

Francisco escalou duas jovens advogadas para organizar o diretório jovem do PTB estadual. Apesar de rostos jovens na política local, as advogadas têm experiencia de sobra nos bastidores, atuando em causas eleitorais e no direito público. Talentosas, elas já acumulam vitórias importantes na carreira e são consideradas revelações da advocacia local.

O PTB já conta com um “bom nome” para disputar uma cadeira na Câmara Municipal de Manaus. O jovem comunicador deve lançar sua pré-candidatura nos próximos dias e deve reforçar o discurso da nova política.

PRTB continua no governo

Fonte interna do PRTB diz que o partido continuará na órbita do governo, mesmo com a saída do vice Carlos Almeida. O comando do partido vai para o advogado Antonio Paiva, a partir de 9 de abril, data da desfiliação de Almeida.