Depois de encerrar a votação do Paredão entre Babu, Pyong e Rafa, Tiago Leifert entra em contato com os brothers e as sisters. O apresentador discursa: “Quando você está no Paredão, você não está sendo julgado. Você está sendo julgado por aquilo que você não pode mudar. Você. Você não tem escolha. Você se jogou ali, e é isso o que está sendo avaliado”.

Na sequência, Leifert afirma: “Mas, não se engane. O Paredão não é poder. Não vá ao Paredão”.

Em seguida, o apresentador anuncia: “Se você jogou certo, foi brilhante. Se você jogou errado, foi outra coisa”

Pyong é o oitavo eliminado do BBB20, com 51,70% dos votos. Babu recebeu 47,71%. Rafa recebeu 0,59%.

Acusação de assédio

O mágico e hipnólogo Pyong Lee está sob investigação da Polícia Civil pelos possíveis abusos sexuais cometidos dentro da casa do Big Brother Brasil. Durante a festa, que aconteceu dia 08/02, contou com a presença do DJ Alok, Pyong tentou beijar a sister Marcela e passou a mão no bumbum de Flayslane.

“De acordo com informações da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Jacarepaguá, foi realizado um registro para apurar os fatos veiculados na mídia”, informou a assessoria da Polícia Civil do Rio de Janeiro ao site Uol

As imagens da festa causaram revolta no Twitter, onde os internautas pediram a expulsão do hipnólogo. As hashtags #forapyong e #pyongexpulso ficaram entre os trending topics da rede social.

Pyong se desculpou com Marcela no dia seguinte e a ginecologista afirmou estar tudo bem: “baby, você não tem que pedir desculpas de nada. Para mim está de boa, real. Dei risada só”. Dentro do confessionário, o mágico mandou um recado para a esposa, Sammy Lee, pedindo desculpas e afirmando que teria perdido o controle.