O salão Sempre Bella Centro de Beleza, localizado no conjunto Vieiralves (bairro Nossa Senhora das Graças), terá que fechar novamente. A decisão é do presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Yedo Simões, em despacho feito nesta sexta-feira, 22/05, acolhendo pedido feito pela Procuradoria Geral do Município (PGM). As informações são do Portal Toda Hora.

Na terça-feira (19), o juiz Cezar Luiz Bandiera, da 5ª Vara da Fazenda Pública, concedeu liminar em mandado de segurança para a reabertura das portas do estabelecimento. A decisão causou revolta e muitas críticas, principalmente nas redes sociais.

No dia seguinte, a Prefeitura de Manaus resolveu entrar com recurso pedindo que o salão fosse fechado novamente, argumentando “risco de grave lesão à ordem pública, em razão de o requerido não constar do rol de atividades essenciais do Decreto Estadual n.o 42.278/2020”. 

O desembargador Yedo Simões apontou que a decisão afronta medidas adotadas pelas autoridades locais para o enfrentamento da COVID-19, pautadas na crucial necessidade de controle do ritmo de disseminação da doença. 

“O caso de Manaus é notoriamente dramático, sendo amplamente noticiado o altíssimo número de infectados e a elevada letalidade em comparação com outras regiões do País. Nesse aspecto, competirá à autoridade local (estadual e municipal) a decisão sobre o relaxamento ou o aumento nas restrições já fixadas, de acordo com as informações a ela disponíveis”, aponta o despacho.