Em meio a pandemia do novo coronavírus e sem a definição de um nome para o cargo do ministro da saúde, o Ministério da Saúde passa pela segunda reformulação da equipe após a saída do então ministro Nelson Teich. Enquanto militares se fazem cada vez mais presentes na pasta, um dos nomes ventilados dentro da pasta para assumir a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos em Saúde (SCTIE) é o do empresário bilionário Carlos Wizard Martins.

Wizard já atua como conselheiro de assuntos estratégicos da pasta desde 21 de maio. De acordo com ele, a função foi aceita para ser feita sem remuneração. “Passei quase dois anos em Roraima atuando ao lado do general Eduardo Pazuello, atual ministro da Saúde. Ontem fui nomeado por ele como Conselheiro de Assuntos Estratégicos do Ministério da Saúde. Atuaremos juntos no combate ao covid-19”, escreveu em uma postagem publicada na mesma data.

Segundo informações dos bastidores do ministério, mesmo de ser nomeado como secretário de de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos em Saúde, Wizard já realizava reuniões internas com a equipe.

O empresário também divulgou uma foto de um encontro como ministro-chefe da Casa Civil, Braga Netto, nas redes sociais. Nas redes sociais, Wizard também tem fotos com o presidente Jair Bolsonaro, com a primeira-dama Michelle Bolsonaro, com o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), com a ministra Damares Alves e outras personalidade políticas do Brasil.

No instagram, Wizard se define como empresário, palestrante e autor dos livros Desperte o milionário que há em você!, Sonhos não tem limite e Do zero ao milhão”. O empresário é fundador da Wizard, rede de escolas de idiomas, e presidente do grupo Sforza, conglomerado de mais de 15 empresas, como Mundo Verde, Pizza Hut e outras.

Sem secretário

O último gestor da SCTIE foi o professor titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Antonio Carlos Campos de Carvalho, um dos poucos nomes indicados por Teich. O médico pediu demissão do cargo que ocupava e foi desligado oficialmente da pasta em 22 de maio. A exoneração publicada no Diário Oficial foi assinada pelo chefe da casa civil, general Braga Netto.

De acordo com o site do Ministério da Saúde a  Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde (SCTIE)  SCTIE “é responsável por formular e implementar políticas nacionais de ciência, tecnologia e inovação em saúde, assistência farmacêutica e fomento à pesquisa, desenvolvimento e inovação na área de saúde”.