Uma situação no mínimo inusitada movimentou as redes sociais no Amazonas. A imagem de uma postagem de um policial militar que, por meio do perfil de sua esposa, ameaçou um homem que teria acenado para ela. O print circulou nos grupos de mensagem de texto e nas redes sociais.

Na postagem, Thiago Rodrigues, cabo da Polícia Militar (PM), aparece fardado, armado e possivelmente dentro de uma viatura, com arma na mão e em tom de ameaça, diz que tem a senha do perfil da esposa no Facebook.

“Só pra constar, eu tenho a senha do Facebook da minha esposa. Então para de acenar pra ela! Satisfação”, disse o policial.

Mencionando na postagem como, supostamente, o pivô da reação do PM, o homem que nas redes sociais se identifica como Leonardo Lins respondeu à postagem nos comentários. “Então, procure tomar conta dela, que foi ela que me adicionou, outra coisa, vc deveria honrar sua farda e lembrando que ameaça cybernética é crime. Não acenei e nem pretendo fazer isso, mas vc ficar ameaçando as pessoas com intuito de intimidar os outros é CRIME (sic)”, escreveu Lins.

A postagem logo viralizou e recebeu diversas reações dos internautas, algumas em tom de humor e outras criticando a atitude do PM.

Em nota, a Polícia Militar do Amazonas (PMAM) informou que o fato divulgado nas redes sociais envolvendo o policial militar será apurado da forma transparente que o caso requer, uma vez que a Corporação não compactua com abusos ou excessos que contrariem a lei e a ordem.


Leia mais: