foto: Correios/Divulgação

Uma das maiores campanhas de solidariedade do ano, o Papai Noel dos Correios, é lançada regionalmente nesta quinta-feira (7), na Agência Monsenhor Coutinho, em Manaus. As crianças poderão ver a chegada do Papai Noel que vai inaugurar sua “casinha” para a edição deste ano.

Durante a campanha, os Correios receberão as cartinhas de crianças que enviaram seus pedidos diretamente ao Papai Noel e, também, de estudantes das escolas da rede pública (até o 5º ano do ensino fundamental) e de instituições parceiras, tais como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos.

Desde 2010, os Correios estabeleceram essas parcerias com as Secretarias de Educação, a fim de trabalhar ações como o desenvolvimento da habilidade da redação de carta, o endereçamento correto e o uso do CEP.

As cartinhas das crianças poderão ser adotadas pelos padrinhos e madrinhas no período de 7 até 6 de dezembro. Os presentes poderão ser entregues na sede estadual dos Correios, situada na Rua Pará, 885, Bairro São Geraldo, 3º andar ou em qualquer agência dos Correios da capital até do dia 10 de dezembro. A campanha vai encerrar quando o Papai Noel dos Correios entregar o último presente com data prevista pro dia 13.

30 anos

Em 2019, a maior ação de responsabilidade social dos Correios completa 30 anos de existência. Ao longo dessas três décadas, a campanha conseguiu atender ao pedido de mais de 6 milhões de cartinhas.

Essa corrente do bem une esforços de empresa, empregados e voluntários da sociedade para atender, dentro do possível, aos pedidos de presentes daqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

A campanha Papai Noel dos Correios nasceu pela iniciativa de alguns empregados que, durante a rotina de trabalho, recebiam cartinhas escritas por crianças destinadas ao Papai Noel, mas sem endereço. Sensibilizados, alguns deles resolveram adotar as cartinhas e enviar os primeiros presentes. Com o passar do tempo, a ação foi ganhando proporção na empresa e acabou se transformando em um projeto corporativo dos Correios.

Funcionamento da campanha

A adoção pelos padrinhos é feita da mesma maneira em todo o Brasil: as cartinhas enviadas pelas crianças são lidas e selecionadas. Em seguida, são disponibilizadas na Casa do Papai Noel ou em outras unidades da empresa.

Os Correios não distribuem cartas para adoção diretamente à população, em suas residências. As cartinhas do Papai Noel dos Correios ficam disponíveis apenas nos locais indicados no blog da campanha. E para que a empresa possa acompanhar as adoções e as entregas dos presentes, os padrinhos devem cadastrar o CPF ou CNPJ.

Os presentes são recebidos nos pontos de entrega divulgados pelos Correios que, posteriormente, realizam a distribuição. Não é permitida a entrega direta do presente e, para assegurar a observância desse critério, o endereço da criança nunca é divulgado ou informado ao padrinho.

As datas, locais e horários da Campanha Papai Noel dos Correios 2019 podem variar em cada Estado. Todas as informações sobre esta corrente de solidariedade poderão ser obtidas no blog dos Correios.

LEIA TAMBÉM: