Engenheiro Flávio Rodrigues, 42, que foi encontrado morto, na última segunda-feira (30), no bairro Tarumã (Foto: Divulgação)

A juíza titular da 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Manaus, Ana Paula de Medeiros Braga, decretou no início da noite desta quinta-feira, 03, a prisão temporária de Alejandro Molina Valeiko e Vittorio Del Gato.

A magistrada acatou pedido da Polícia Civil do Estado do Amazonas no processo que apura o homicídio que vitimou o engenheiro Flávio Rodrigues, no último domingo (29), na cidade de Manaus. O crime teria ocorrido no bairro Tarumã (zona Oeste Manaus), onde o corpo da vítima foi encontrado no dia seguinte (dia 30) por populares.

Durante o dia foram presos Elielton Magno de Menezes Gomes Júnior, José Edvandro Martins de Souza Júnior, Eliseu da Paz Souza e Mayc Vinícius Teixeira Parede, após decisão do juiz plantonista da 2º Vara do Tribunal do Júri Alcides Carvalho Vieira Filho.