Reprodução / Facebook

O cantor e compositor parintinense Chico da Silva, autor da toada “Vermelho” (Garantido, 1996) e de diversas obras musicais famosas em todo o Brasil, anunciou o seu retorno ao Boi Bumbá Caprichoso, em 2020. O comunicado foi feito na noite de ontem (18), no Bumbódromo, em Parintins (AM), distante a 369 de Manaus.

Por meio de um vídeo exibido na TV Caprichoso, no Facebook, Chico divulgou uma toada inédita “Chama Azul”, que será inserida no CD deste ano, e declarou que cedeu os direitos da música “O Amor Está no Ar” ao boi azul e branco.

Imagens: TV Caprichoso / Facebook

“Eu retorno ao Caprichoso com muita alegria, muito feliz, mesmo porque é o meu boi de origem, foi lá que eu dei os meus primeiros passos musicais na toada. Desde então, a gente criou esse amor, essa ligação, essa empatia com o Caprichoso e com a nossa brincadeira de boi”, disse o cantor no vídeo gravado após uma conversa com o presidente da agremiação, Jender Lobato.

A toada “O Amor Está no Ar” nunca entrou nos CDs oficiais das duas agremiações folclóricas, apesar do reconhecido sucesso. Porém, acabou sendo adotada pelos torcedores do Garantido, que já executou a canção na arena, na voz de Sebastião Jr, levantador de toadas oficial do boi. Outro fator que pesa para que a obra seja tida como do boi da Baixa, é a imagem de Chico da Silva atrelada ao Garantido. O compositor é autor de toadas históricas do touro branco, como “Boi de Carmo”, “Festa da Raça” e do estrondoso sucesso nacional “Vermelho”, que entrou no CD oficial de 1996. Chico ao longo dos anos compôs toadas para ambos os bumbás.

Na live (transmissão ao vivo), o presidente da Comissão de Artes do Caprichoso, Ericky Nakanome, aproveitou para alfinetar o bumbá Garantido sobre “O Amor Está no Ar”. “O contrário achou que era dele, mas (a toada) nunca esteve no CD do boi (vermelho)”, provocou, afirmando que a música é um presente de Chico da Silva ao touro negro.

“O Amor Está no Ar” é uma das toadas de Chico da Silva mais interpretadas por cantores amazonenses e de fora do estado. Recentemente, o cantor Uendel Pinheiro gravou a música, ao vivo no seu DVD, em versão de pagode. A faixa contou com a participação do ex-levantador e apresentador do Caprichoso, Arlindo Jr, que faleceu no final do ano passado.

Assista:

LEIA AGORA | As notícias mais vistas no AM: