O Amazonas registrou mais 321 casos de covid-19, nesta segunda-feira (22), totalizando 63.731 casos confirmados do novo coronavírus, segundo boletim epidemiológico divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM). O boletim confirmou mais 14 mortes pela doença, subindo para 2.671 o número de pessoas que morreram com a covid-19.

Segundo o boletim, ao todo, 51.642 pessoas já passaram pelo período de quarentena de 14 dias, recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), e se recuperaram da doença. Outras 9.418 pessoas com diagnóstico de covid-19 estão internadas ou em isolamento domiciliar.

Desde o começo de junho, o Governo do Amazonas tem flexibilizado as medidas de isolamento social com a reabertura gradual do comércio na capital, e justifica o relaxamento da quarentena com os números da covid-19 em queda. Em Manaus, que teve caixões enterrados empilhados e em valas comuns diante do colapso no sistema de saúde, o número de enterros já apresenta redução e a média caiu para próximo ao que era registrado antes da pandemia. Porém, pesquisadores ainda consideram um novo surto da doença.

Entre os casos confirmados de covid-19 no Amazonas, há 316 pacientes internados, sendo 218 em leitos clínicos (18 na rede privada e 200 na rede pública) e 98 em UTI (26 na rede privada e 72 na rede pública).

Há ainda outros 241 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 152 estão em leitos clínicos (15 na rede privada e 137 na rede pública) e 89 estão em UTI (16 na rede privada e 73 na rede pública).

Nesta edição, segundo a FVS-AM, todos os municípios atualizaram o sistema de informação para consolidação dos dados deste boletim. Agora, Envira é a única cidade do estado permanece sem confirmações da covid-19.

Municípios com covid-19 no AM

Dos 63.731 casos confirmados no Amazonas até esta segunda-feira (22), 25.153 são de Manaus (39,47%) e 38.578 do interior do estado (60,53%). Com os primeiros casos confirmados em Ipixuna, Envira passou a ser o único município do Amazonas sem casos confirmados de covid-19.

Além da capital, 60 municípios têm casos confirmados: Coari (3.313); Manacapuru (3.090); Tefé (2.959); São Gabriel da Cachoeira (2.553); Parintins (2.285); Benjamin Constant (1.414); Itacoatiara (1.340); Tabatinga (1.267); Iranduba (1.203); Santo Antônio do Içá (970); Careiro Castanho (894); Autazes (872); Presidente Figueiredo (862); Maués (858); Barcelos (818); Rio Preto da Eva (625); São Paulo de Olivença (596); Boca do Acre (583); Anori (566); Barreirinha (528); Tapauá (512); Humaitá (511); Alvarães (505); Itapiranga (483); Fonte Boa (472); Carauari (458); Uarini (429); Atalaia do Norte (424); Borba (395); Tonantins (382); Nova Olinda do Norte (381); Beruri (374); Novo Aripuanã (368); Amaturá (363); Lábrea (363); Eirunepé (347); Urucará (347); Urucurituba (339); Anamã (263); Guajará (259); Jutaí (241); Itamarati (223); Japurá (221); Pauini (216); Novo Airão (207); Manaquiri (203); Maraã (190); Juruá (186); São Sebastião do Uatumã (178); Manicoré (153); Silves (152); Boa Vista do Ramos (151); Caapiranga (137); Santa Isabel do Rio Negro (137); Nhamundá (132); Codajás (117); Canutama (65); Careiro da Várzea (65); Apuí (30) e Ipixuna (3).

Mortes por Covid-19

Entre pacientes em Manaus, há o registro de 1.719 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus. No interior, são 55 municípios com óbitos confirmados até o momento, em um total de 952. A lista inclui:

Manacapuru (123); Coari (77); Tefé (76); Parintins (71); Tabatinga (70); Itacoatiara (52); São Gabriel da Cachoeira (43); Iranduba (35); Maués (30); Autazes (27); Benjamin Constant (27); Barcelos (20); Presidente Figueiredo (20); Nova Olinda do Norte (19); Santo Antônio do Içá (18); Borba (17); Fonte Boa (16); São Paulo de Olivença (16); Tonantins (14); Careiro Castanho (13); Jutaí (13); Rio Preto da Eva (12); Alvarães (12); Anori (9); Boca do Acre (9); Manaquiri (9); Amaturá (8); Novo Aripuanã (8); Barreirinha (6); Beruri (6); Carauari (6); Uarini (6); Novo Airão (5); Itapiranga (5); Nhamundá (5); Humaitá (5); Silves (4); Urucará (4); Careiro da Várzea (4); Manicoré (4); Caapiranga (4); Tapauá (3); Codajás (3); Lábrea (3); Boa Vista do Ramos (2); Maraã (2); Urucurituba (2); Santa Isabel do Rio Negro (2); Japurá (1); Atalaia do Norte (1); Guajará (1); Itamarati (1); São Sebastião do Uatumã (1) e Pauini (1).