Vista aérea de Coari — Foto: Divulgação

O município de Coari, no interior do Amazonas, decretou toque de recolher na cidade durante todo o período de enfrentamento ao novo coronavírus, sem data específica para encerramento. Coari tem 1.509 casos confirmados e 43 mortes por covid-19, de acordo com a última atualização nesta segunda-feira (25).

A medida, assinada pelo prefeito Adail Pinheiro já está em vigor e determina que, de forma “excepcional e temporária”, vai funcionar das 20h às 6h do dia seguinte.

“Para confinamento domiciliar obrigatório em todo território do Município de Coari, ficando terminantemente proibido a circulação de pessoas, exceto quando necessária para acesso aos serviços essenciais e sua prestação, comprovando-se a necessidade ou urgência”, diz o decreto, datado do dia 23 de maio.

De acordo com a prefeitura, o descumprimento do toque de recolher artigo sujeitará aos infratores sanções administrativas e cíveis cabíveis, que podem ser de multa ou doação de cestas básicas às famílias afetadas pelo coronavírus.

Também é prevista a prestação de serviços diretamente relacionados ao enfrentamento do coronavírus.

“A substituição da sanção administrativa de multa só poderá ser substituída com a aquiescência do Prefeito Municipal, ou outra autoridade em caso de delegação, e do infrator”.