FOTO: REPRODUÇÃO/ FVS

Em Manaus, os casos confirmados de Covid-19 já estão distribuídos em 58 bairros, o que corresponde a 92% dos bairros da cidade. Os bairros Aleixo (71), Cidade Nova (61) e Parque 10 de Novembro (59), apresentam o maior número de notificações, segundo boletim da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), publicado toda semana.

Os resultados mostram a clara chegada do coronavírus a bairros mais periféricos. Antes concentrados de forma mais pesada em área nobres da cidade, como Adrianópolis e Ponta Negra, agora o monitoramento assinala que o vírus se interiorizou em Manaus, com as zonas Norte e Leste se destacando no mapa de casos.

Nesta sexta-feira, o governador Wilson Lima, em entrevista à Rádio Tiradentes, disse que quando o coronavírus chegasse aos bairros mais periféricos, “será uma catástrofe”, pois o sistema de saúde já não suporta mais receber tantos pacientes.

O Amazonas registrou, até neste sábado, 18, 88 novos casos do novo coronavírus (Covid-19) chegando a 1.897 infectados (incluindo recuperados). Os dados foram divulgados pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS). A maioria dos casos se concentra em Manaus, onde há 1.531 casos. Todos os bairros da capital possuem algum caso da doença.

De acordo com a FVS, o índice de letalidade chegou a 8,5%. Já o número de óbitos subiu de 144 para 161, também nas últimas 24 horas. O número é superior à quantidade de mortes, no ano passado, por Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), quando foram registradas 89 mortes.