O apresentador Danilo Gentili recebeu a sentença da justiça em processo de injúria contra a deputada federal Maria do Rosário Nunes. De acordo com o site UOL, ele foi condenado a pena de seis meses e 28 dias de detenção, em regime inicial semiaberto, pelo crime de injúria. A decisão foi tomada na 5ª Vara Federal Criminal de São Paulo.

O processo foi aberto por causa de mensagens ofensivas publicadas por ele em 2016, quando chamou a deputada de “nojenta”, “falsa” e “cínica”. Pouco depois, ao receber o pedido de conciliação extrajudicial, o comunicador esfregou o documento em suas partes íntimas.

Nas redes sociais, Danilo ironizou a decisão da justiça e escreveu: “Quem vai me levar cigarro?”. E, depois pediu “ajuda” ao ministro da justiça, Sérgio Moro.

O apresentador ainda poderá recorrer em liberdade.

A deputada federal Maria do Rosário se pronunciou por meio de vídeo. Assista o vídeo completo abaixo

“A sentença, ela deve ser lida de forma como um caráter pedagógico, de que a impunidade não pode prevalecer em nenhuma forma, quando se trata da honra das pessoas”, disse a deputada sobre a condenação.