O presidente Jair Bolsonaro (PSL) criticou o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), por ter financiado um jatinho de R$ 44 milhões pelo Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), em 2010, durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O assunto foi comentado na noite desta quinta-feira (29/08/2019), em transmissão ao vivo no Facebook.

“Explica isso aí. Só peixe, amigão do Lula e da Dilma. Eu vejo o Doria falando de vez em quando ‘minha bandeira jamais será vermelha’. É brincadeira, né? Quando ele estava mamando, a bandeira era vermelha com foice e martelo, sem problema nenhum, né?”, alfinetou.

____ Leia mais:

Banda ‘Rosa de Saron’ faz novo show em Manaus, neste domingo (1)

_____________________

Doria, que foi aliado de Bolsonaro no período eleitoral de 2018, tornou-se possível rival do presidente da República nas próximas eleições presidenciais, em 2022.

Na live, Bolsonaro falava sobre a existência de um “caixa-preta” do BNDES e criticou também o apresentador Luciano Huck, outro que fez uso dos recursos para a compra de uma aeronave – e também pode se transformar em rival pelo Planalto em 2022. “Já apareceu aquela galerinha da compra de aviões com [juros] de 3,5% ao ano. Que teta, hein? O que é isso, Luciano Huck?, questionou.