Na manhã desta terça-feira (6), o ex-governador cassado José Melo esteve na Justiça Federal, acompanhando a ex-primeira-dama do Estado, Edilene Oliveira, que foi interrogada pela juíza federal Ana Paula Serizawa, da 4ª Vara da Justiça Federal, responsável pelo processo oriundo da operação ‘Maus Caminhos’, que investiga o desvio de verbas da Saúde do Amazonas.

Melo não conversou com a imprensa e poucos minutos após entrar no prédio da Justiça Federal foi liberado. Ele, juntamente com Raul Zaidan (ex-Casa Civil), Wilson Alecrim (ex-Susam) e Afonso Lobo (ex-Sefaz) serão interrogados, nesta quarta-feira (7), também pela juíza Ana Paula Serizawa.

Ainda nesta terça, além da ex-primeira-dama, foram ouvidos José Duarte Filho, Keytiane Almeida, Evandro Melo (irmão de José Melo) e Ana Cláudia Gomes. Melo e Edilene chegaram a ser presos no dia 21 de dezembro de 2017, por suposto envolvimento na operação ‘Maus Caminhos’.

Leia também: