Reprodução / Internet

O ex-prefeito de Manicoré Lúcio Flávio do Rosário foi condenado pelo juiz eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM) do município, Marco Aurélio Plazzi Palis, a 1 ano e 6 meses de prisão, perda dos direitos políticos, multa e perda do cargo que hoje exerce na Assembleia Legislativa do Amazonas. O ex-prefeito poderá recorrer em liberdade.

Ele foi acusado de compra de votos na eleição de 2012.

O atual prefeito e seu vice, Sabá Medeiros e Jefferson Campos, se mantém nos cargos por força de recursos.

Já faz mais de um ano que foram cassados (setembro de 2018) pelo TRE-AM.

O BNC entrou em contato com o ex-prefeito, mas até a publicação da matéria não recebeu resposta.

Foto/Texto: BNC