Foto: Girlene Medeiros/Arquivo/G1 AM

Após três meses sem realização, a Feirinha de Artesanato da Avenida Eduardo Ribeiro, no Centro Histórico de Manaus, retoma as atividades neste domingo (5), de 6h às 14h. Com o apoio da Prefeitura de Manaus, mais de 250 artesãos receberão o público com a recomendação de seguir as medidas de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus, que já infectou mais de 74 mil pessoas no Estado.

O secretário municipal de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc), Fábio Albuquerque, informou que as barracas serão distanciadas umas das outras e as que vendem alimentos vão atender somente com 50% de mesas e cadeiras. Os permissionários também devem disponibilizar álcool em gel aos clientes.

Realizada pela Associação da Feira Municipal de Artesanato, Trabalhos Manuais e Produtos do Amazonas há 20 anos, essa foi a primeira vez que os mais de 250 artesãos ficaram tanto tempo sem atividades.

O presidente da Associação, Wigson Azevêdo, informou que a feira é uma grande vitrine aos domingos, para que os empreendedores possam fazer negócios e depois, também, pegar encomendas.

Parte do comércio na capital amazonense voltou a funcionar, desde o dia 1º de julho, quando o Governo do Amazonas iniciou o primeiro ciclo de reabertura gradual das atividades econômicas não essenciais. Desde lá, três ciclos já foram iniciados e o último está previsto para o dia 6 de julho.