BASTIDORES DA POLÍTICA

Ao que tudo indica, o clima de paz acabou lá pelas bandas da Compensa. Parece que os afagos públicos do prefeito Arthur Neto (PSDB) ao seu vice Marcos Rotta (sem partido) não surtiram efeito ou era apenas para manauara ver.

No seu programa de hoje, 15, na Band Amazonas, Rotta atacou, ao vivo, o prefeito Arthur. O pano de fundo para as críticas foi o decreto de Jair Bolsonaro (PSL) que flexibiliza o porte e a posse de armas no Brasil.

Pelo visto, a guerra pela sucessão na Prefeitura de Manaus já começou.

Vamos aguardar os próximos capítulos…

Veja o vídeo:

Ontem, uma foto começou a circular em grupos de WhatsApp, mostrando que no último sábado, cinco dias antes do ataque, Rotta almoçou com o ex-deputado federal Pauderney Avelino (DEM) e com o deputado estadual Wilker Barreto (Pode), este último que rompeu com o prefeito Arthur antes da eleição do ano passado.