Free Fire, jogo disponível para download em celulares Android e iPhone (iOS), é um dos principais jogos mobile do gênero Battle Royale e faz sucesso entre os brasileiros. Um dos principais fatores que explica essa popularização são os baixos requisitos para rodar em smartphones e tablets. Em 2019, o jogo da Garena foi um dos mais baixados no país. Como forma de retribuir essa adesão, Free Fire conta com várias alusões ao país, como personagens, locais e skins. Confira, a seguir, cinco referências ao Brasil feitas no game.

Brasília no mapa Purgatório

O Purgatório traz a primeira referência ao Brasil no jogo. Adicionado em maio de 2018, o mapa tem uma de suas regiões nomeada como Brasília, uma homenagem à capital federal do país. No jogo, essa área fica posicionada estrategicamente na parte central do mapa e conta com muitos imóveis e tirolesas. Por esse motivo, é uma região bastante frequentada pelos jogadores que têm um estilo de jogo mais agressivo.

Em Purgatório, uma das regiões centrais é nomeada como Brasília, em referência à capital federal do Brasil — Foto: Reprodução/Leandro Eduardo
Em Purgatório, uma das regiões centrais é nomeada como Brasília, em referência à capital federal do Brasil — Foto: Reprodução/Leandro Eduardo

Miguel

Lançado em 12 de novembro de 2018, Miguel é um personagem de nacionalidade brasileira e seu aniversário é no dia 7 de setembro, Dia da Independência do Brasil, de acordo com a biografia divulgada pela Garena. Além disso, quando chegou ao game, a caracterização chamou atenção por ser bastante similar à de Capitão Nascimento, personagem interpretado por Wagner Moura nos filmes da franquia Tropa de Elite. Algum tempo depois a desenvolvedora alterou o visual do agente, que manteve o brasão no chapéu e a braçadeira com as cores verde e amarelo.

Miguel antes e depois das mudanças promovida pela Garena — Foto: Divulgação/Garena
Miguel antes e depois das mudanças promovida pela Garena — Foto: Divulgação/Garena

Skins Arara e Rainha do Samba

O Free Fire também aproveitou a época carnavalesca para lançar skins de personagens que fazem alusão ao Brasil. As skins Arara (masculina) e Rainha do Samba (feminina) chegaram ao jogo em fevereiro de 2019 por meio do evento “Carnaval de Prêmios”. Os itens visuais do evento têm claras referências à festa popular e ao país, principalmente na opção masculina, com vestimenta que traz a bandeira brasileira e acessórios nas cores verde e amarelo. Além disso, o evento também distribuía prêmios gratuitos para os jogadores. Na ocasião, o player tinha que pegar tokens em formato de pandeiro – também com a bandeira do Brasil – e trocar por itens exclusivos.

A skin Arara, do evento "Carnaval de Prêmios", possui referência à tradicional festa popular e ao Brasil — Foto: Reprodução/Leandro Eduardo
A skin Arara, do evento “Carnaval de Prêmios”, possui referência à tradicional festa popular e ao Brasil — Foto: Reprodução/Leandro Eduardo

Alok

Alok é o segundo personagem brasileiro no jogo, e o primeiro referente a uma personalidade real. Anunciado em novembro de 2019, o personagem conta com roupas, acessórios e um emote. A Garena revelou que o DJ acompanhou e participou de todo o processo criativo do personagem. No jogo, o brasileiro tem a habilidade de curar e acelerar a movimentação dos companheiros de equipe quando estão próximos.

Alok é o segundo personagem brasileiro e primeiro inspirado numa personalidade real — Foto: Divulgação/Garena
Alok é o segundo personagem brasileiro e primeiro inspirado numa personalidade real — Foto: Divulgação/Garena

Santa Catarina no mapa Kalahari

O novo mapa do Free Fire também conta com referência ao Brasil. Disponibilizado para testes no início de 2020, o mapa Kalahari tem uma de suas regiões nomeada como Santa Catarina, em referência ao estado da região sul do Brasil. No jogo, a região tem um navio destroçado com grande quantidade de armamentos e equipamentos. Além disso, ele conta com uma ampla área de campo aberto e um riacho.

Santa Catarina é uma região com poucas construções e um grande navio distorcido ao meio — Foto: Reprodução/Leandro Eduardo
Santa Catarina é uma região com poucas construções e um grande navio distorcido ao meio — Foto: Reprodução/Leandro Eduardo

Fonte: Tech Tudo


LEIA AGORA | as notícias mais vistas no Brasil: