Foto: Divulgação

A greve dos ônibus coletivos realizada pelos rodoviários em Manaus no início da tarde desta segunda-feira (24), chegou ao fim. A decisão veio após uma reunião entre representantes do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) e do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Manaus (STTRM).

A informação foi confirmada pela Assessoria de Comunicação do STTRM. Organizada pelos próprios trabalhadores, os grevistas resolveram protestar contra o atraso do adiantamento salarial da categoria, que era para ser pago no último dia 20, mas que até o início da tarde de hoje, os profissionais da categoria não haviam recebido.

A paralisação, que durou menos de 2 horas, tinha como objetivo atingir 100% da frota da capital, que estava fazendo o percurso rotineiro, mas quando chegava ao terminal, não saíam para a próxima viagem.