Um homem identificado apenas como “Peteleco” foi executado a tiros dentro do Hospital Santa Júlia, situado no Centro de Manaus, na noite desta quarta-feira (25).

Segundo informações preliminares, por volta das 20h25, o criminoso entrou na recepção da unidade atirando contra a vítima, que não resistiu aos ferimentos feitos à queima roupa e morreu no local. Ninguém havia sido preso até a publicação deste material.

Segundo informações do delegado plantonista da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Luiz Rocha, imagens de câmeras de segurança do hospital serão analisadas e testemunhas serão ouvidas para ajudar na localização do suspeito.”Fomos acionados para o local, coletamos as imagens, vamos analisar e iniciar as diligências para tentar localizar a autoria do crime”, disse. O delegado informou, também, que a vítima já tinha sido presa anos atrás.

Ainda de acordo com Rocha, a vítima, que era ‘guardador de carros’ em frente ao hospital, foi alvejada com cerca de nove tiros. A DEHS vai investigar o caso.

Nota

Por meio de nota, o Hospital Santa Júlia informou que, “na noite desta quarta-feira, 25, por volta das 20h25, um homem ainda não identificado, foi baleado e veio a óbito na recepção do hospital, depois de entrar em fuga, na tentativa de se esconder de um outro homem que o perseguia. Nenhuma outra pessoa se feriu”.

A nota diz ainda que “o hospital se dispõe a colaborar com a Polícia, a quem caberá o esclarecimento do acontecido”.

LEIA TAMBÉM: