HOSPITAL 28 DE AGOSTO. FOTO: WINNETOU ALMEIDA/ACRÍTICA

Anderley Rosa de Sousa, 35, foi assassinado com um tiro no abdômen, por volta das 21h30 desse sábado (14), quando assista a luta do amazonense José Aldo com o carioca Marlon Moraes pelo UFC.

De  acordo com informações do delegado Plantonista da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS),  Denis Pinho, uma mulher que estava com ele no local, Mary Jane Martins, também foi ferida com dois tiros na perna.

O crime aconteceu na rua Marques de Oliveira, Petrópolis, Zona Sul de Manaus, onde um grupo de pessoas assistiam à luta. Conforme testemunhas o grupo foi surpreendido por um homem que já chegou no local atirando. Depois de ter acertado as pessoas, fugiu.

As vítimas foram levadas  para o Pronto Socorro 28 de Agosto. Apesar disso, Anderley não resistiu aos ferimentos e morreu depois de ter passado por uma cirurgia.

De acordo com o delegado, a vítima era filho de um policial militar. Anderley tinha brigado com a atual mulher e foi visitar a ex, mas acabou sendo assassinado. O caso vai ser investigado pela DEHS.