Hudson Lima da Silva de 25 anos foi preso, na tarde desta segunda-feira (6), após esfaquear e tentar matar o vendedor de picolé Charles da Silva Batista, de 38 anos. O caso aconteceu na rua Marquês de Santa Cruz, no bairro Centro, Zona Sul de Manaus. A vítima foi atingida com duas facadas.

Segundo informações dos policiais militares da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o crime aconteceu por volta das 15h, após o autor ver a vítima andando no local do crime. Ele roubou a faca de um haitiano que estava vendendo verduras nas proximidades. Logo em seguida, o suspeito esfaqueou a vítima no braço direito e uma nas costas.

Motivação 

Para os policiais Hudson relatou que a motivação do crime foi vingança. Em outubro do ano passado, Charles teria esfaqueado o pai dele em uma parada de ônibus, situada na avenida Constantino Nery, bairro Chapada, Zona Centro-Sul de Manaus.  

Na delegacia, ele disse que esfaqueou por vingança
Na delegacia, ele disse que esfaqueou por vingança | Foto: Suyanne Lima

Na ocasião, o pai de Hudson foi atingido no abdômen e permaneceu internado até o mês de dezembro devido à gravidade do ferimento. 

“Ele já furou outras pessoas lá no Centro. Eu estava andando vendendo meu bombom e quando vi ele, não contei conversa. Tomei a faca do haitiano para furar ele”, disse o suspeito durante a apresentação na delegacia. 

Logo após o crime, Hudson ainda tentou fugir, mas foi contido por um policial a paisana que estava em uma rua próxima ao local do crime. A faca foi encontrada por testemunhas e entregue aos policiais que atenderam a ocorrência.

Procedimentos

A vítima foi socorrida e conduzida ao Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto. Já Hudson recebeu voz de prisão em flagrante e foi conduzido ao prédio do 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foram adotados os procedimentos cabíveis.