FOTO: DIVULGAÇÃO

No Amazonas, 214 alunos finalistas dos cursos de Medicina, Enfermagem, Farmácia e Fisioterapia já tiveram formaturas antecipadas. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Educação (MEC) no painel de monitoramento das ações de combate ao novo coronavírus realizadas pelas instituições de ensino superior. 

A maioria dos alunos que conseguiu antecipar a formatura no Amazonas vem de instituições públicas de Manaus, sendo 105 alunos da universidade federal e 58 da estadual. Outros 51 alunos são alunos de instituições privadas também na capital. 

Confira os dados do Amazonas atualizados nesta segunda-feira, 8/6:

Curso: Enfermagem
Instituição pública: 17 alunos
Instituição privada: 1 aluno
Total de formados: 18 alunos

Curso: Farmácia
Instituição pública: 16 alunos
Instituição privada: 38 alunos
Total de formados: 54 alunos

Curso: Fisioterapia
Instituição pública: 2 alunos
Instituição privada: 0
Total de formados: 2 alunos

Curso: Medicina
Instituição pública: 128 alunos
Instituição privada: 12 alunos
Total de formados: 140 alunos

Brasil

Ao todo, 7.292 formados — 2.219 em públicas e 5.073 em particulares — já anteciparam formaturas no Brasil por conta da pandemia da covid-19 e atendendo as novas regras definidas pelo MEC. 

Em abril deste ano, o Ministério da Educação autorizou a antecipação de formatura para os cursos de Medicina, Enfermagem, Farmácia e Fisioterapia. A medida tem caráter excepcional e valerá enquanto durar a situação de emergência na saúde pública por causa da pandemia do novo coronavírus. 

Os estudantes de Medicina podem se formar ao concluir 75% do internato e alunos de Enfermagem, Farmácia e Fisioterapia, no momento em que cursarem a mesma porcentagem do ensino curricular obrigatório.