Foto: Reprodução Internet

O apresentador Ratinho e o SBT foram condenados a pagar R$ 400 mil de indenização a dois padres de Astorga (PR) após publicação de uma reportagem errada. Cada sacerdote vai receber R$ 200 mil. As informações são do colunista Lauro Jardim, de O Globo.

A sentença não cabe mais recurso. Segundo a coluna, a reportagem veiculada em 1999 dizia que uma mulher havia largado o marido para morar com o padre que celebrou o casamento.

Na imagem da matéria, porém, aparecia um outro sacerdote. Ambos entraram na Justiça contra  a emissora e o apresentador. Nem o SBT nem Ratinho quiseram se pronunciar sobre o caso ao colunista.

Leia também: