O desembargador Wellington José de Araújo, vice-presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM), suspendeu processo de impeachment contra o governador Wilson Lima (PSC) e o vice, Carlos Almeida (PTB).

A denúncia contra os dois foi acolhida na quinta-feira, dia 7, e o processo, iniciado ontem pelo presidente da Casa, Josué Neto (PRTB).

O parlamentar é o principal interessado no afastado de Wilson e Carlos, porque pode ser beneficiado com o mandato de governador.

A ação que resultou na decisão de Wellington Araújo foi movida pelo deputado estadual Francisco Gomes (PSC). (BNC)