FOTO: DIVULGAÇÃO

Identificado como um dos líderes do Comando Vermelho (CV) no Amazonas, Alexsandro Campos da Costa, o “Alex Padeiro”, “Coroa” ou “Velho”, morreu neste sábado em Manaus. De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), o criminoso estava com câncer e não resistiu ao tratamento. Ele estava preso desde janeiro deste ano, após operação Domínio da Lei, da Secretaria de Segurança Pública (SSP). As informações são do Portal Toda Hora.

Neste domingo, de acordo com um salve que circula nas redes sociais, integrantes da facção realizaram um foguetório para comunicar a morte do traficante.  

Coroa era conhecido como homem de confiança do líder do CV no Amazonas, Gelson Lima Carnaúba, e detentor de uma extensa ficha criminal. De acordo com investigações da Polícia Civil (PC) ele estava envolvido na morte de um dos seguranças de João Branco, ocorrida em Presidente Figueiredo. A morte marcou início de uma série de execuções entre integrantes do Comando Vermelho e Família do Norte (FDN). 

O criminoso estava preso deste o dia 14 de janeiro e segundo a Seap, e vinha sendo submetido a tratamento de câncer. Para anunciar a morte de Coroa, faccionados efetuaram uma queima de fogos em várias zonas da cidade, onde é dominado pelo Comando Vermelho.