Thalyta Glenda Aciolys da Silva, de 11 anos, desapareceu depois de pedir um carro por aplicativo para se encontrar com um rapaz conhecido como "Júnior", de 25 anos.

Ao aproveitar que a mãe e a tia estavam dormindo, Thalyta Glenda Aciolys da Silva, de 11 anos, pegou o celular e pediu uma corrida em um aplicativo  para encontrar um rapaz de 25 anos, após chegar ao seu destino, em uma rua na Cidade Nova, na Zona Norte de Manaus, ela sumiu. A menina saiu de casa, que fica localizada no Alvorada, na Zona Centro-Oeste da capital.

Encontrada

A menina já se encontra aos cuidados da família. A família não forneceu mais informações a respeito.

Matéria atualizada no dia 25/06/2019, às 08:15h.

Relembre o caso

O caso aconteceu por volta das 17h37 do último domingo (27), a mãe de Thalyta, a dona de casa Thaynara Glenda, de 26 anos, relatou para a equipe do Em Tempo que a criança estava há algum tempo trocando mensagens com com um homem identificado apenas como Júnior, e que ele teria 25 anos. A família desconfia que Thalyta fugiu para se encontrar com esse rapaz, e após isso desapareceu.

“Ela foi mais rápida que eu, quando flagrei as conversas, na última sexta-feira [21], tratei de remover o chip do celular dela para cortar qualquer tipo de comunicação entre eles. Na tarde de domingo, eu e a tia dela estávamos dormindo quando ela pegou meu celular e chamou o carro. Percebemos que ela havia saído após acordamos. Vizinhos relataram que ela saiu de com uma macaquinha de cor amarela e uma bolsa de mão na cor azul”, falou a mãe para a reportagem.

Ainda de acordo com familiares, o homem teria ligado inúmeras vezes para a menina na tentativa de marcar um encontro entre eles. Thalyta saiu apenas coma  roupa do corpo, bolsa e o celular sem chip.

Com informações do Portal Em Tempo

Leia também: