Na manhã desta terça-feira, 26, o deputado federal Silas Câmara (PRB) e a ex-vereadora de Boca do Acre, Luciana Melo, participaram de uma audiência com a
ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, em Brasília (DF). O objetivo do encontro é a regularização fundiária do Assentamento Monte, localizado nos municípios de Boca do Acre e Lábrea, no Sul do Amazonas.

Segundo o deputado Silas Câmara, a ministra se mostrou solidária à causa e que, como providencia imediata, o Governo Federal iniciará o processo para regularizar a situação dos assentados e a revisão das multas que ‘assustaram’ as famílias que produzem na região.

Estamos saindo felizes porque a ministra nos garantiu que a partir do mês de maio vai haver uma regularização fundiária na região“, comemora Câmara. O deputado também enfatiza que os assentados não precisam se preocupar com as notificações que estavam recebendo para desocupar a área. “Tudo será resolvido e serão respeitados os proprietários atuais da terras“, salienta.

Estamos saindo felizes porque a ministra nos garantiu que a partir do mês de maio vai haver regularização fundiária na região

(Silas Câmara)

Para Luciana Melo, os títulos fundiários dão tranquilidade para os produtores da região para focarem na produção agropecuária. “A regularização fundiária é também um instrumento para promoção da cidadania, significando acesso ao crédito e aos programas governamentais que beneficiam o homem e a mulher do campo”, salienta Luciana.

Ela também fala que ‘comprou a briga’ dos moradores do assentamento Monte não somente pela relevância social e econômica da região, mas pela luta das pessoas que ali moram e produzem. “Falamos de pessoas trabalhadoras, honestas e que dão importante contribuição para o desenvolvimento da região e do Setor Primário do Estado. O deputado Silas, grande conhecedor do Amazonas, sabe da importância do apoio governamental aos projetos de assentamento e se uniu nessa batalha de meses e mostrou a sua importância como grande articulador nacional em prol da região“, conclui Luciana.

O Projeto de Assentamento Monte é o maior produtor de bovinos da mesorregião do sul do Amazonas, e os seus assentados, detentores e fazendeiros é que contribuem para o crescimento econômico dos municípios de Boca do Acre e Lábrea, gerando emprego e renda tanto para as famílias da zona rural como da zona urbana.