Morreu deste domingo, dia 29, aos 51 anos de idade, o cantor Arlindo Pedro da Silva Júnior, ex-vereador de Manaus, ex-subsecretário de Cultura do Amazonas, ex-secretário de Cultura da capital, eterno apresentador do boi bumbá Caprichoso.

Arlindo lutava contra um câncer de pulmão desde 2016, estava internado desde quinta-feira, dia 26, no Hospital Samel, no Centro de Manaus, e teve o quadro agravado na madrugada de hoje.

O artista passou mal no começo da madrugada e às 6h foi transferido para uma UTI.

No fim da tarde, Arlindo começou a fazer hemodiálise e à noite foi colocado em coma induzido, um de seus rins parou, por volta das 22h ele teve uma parada cardíaca e em seguida morreu.

O artista deixa viúva Rosilene Dourado e órfãos cinco filhos.

Mais informações, em breve, no www.portalbeiradao.com.br