Karen Moura de Paula, 24, foi presa  nessa quarta-feira (7), por suspeita de ter cometido assaltos a ônibus na capital em 2016 e 2017. A prisão ocorreu após ela ir até o 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP), localizado no Novo Israel, Zona Norte, para registrar Boletim de Ocorrência. Durante o procedimento, os policiais verificaram que existiam dois mandados de prisão preventiva abertos em nome da suspeita por roubo majorado.

Karen afirmou aos policiais que não possuía documentos pessoais para registrar a criança, e  por isso teve que ir até a Delegacia efetuar o B.O. De acordo com delegado Ivo Martins do 18º DIP, “ela chegou aparentemente sobre o efeito de drogas na sede do distrito policial. E em seguida constatamos que havia os mandados em aberto”. Durante o registro, afirmou o delegado: “A suspeita demonstrou estar bastante preocupada, pois tem uma filha de três a quatro meses e diz estar grávida”.

Os assaltos aos ônibus teriam ocorrido em 5 de dezembro de 2016, e o outro no dia 2 de outubro em 2017. A suspeita teria levado o dinheiro do cofre dos ônibus, além de celulares e bolsas dos passageiros das linhas. 

Audiência de Custódia

Segundo o delegado, ela foi solta em uma audiência de custódia, no entanto, deixou de comparecer mensalmente ao Fórum Ministro Henoch Reis, situado no Aleixo, Zona Centro Sul de Manaus, e por isso os mandados foram abertos. 

Ela será encaminhada para o Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF).

Leia também: