PARINTINS – Dois oficiais da Polícia Militar (PM) foram presos suspeitos de envolvimento com a quadrilha que roubou R$ 150 mil do Banco da Amazônia (BASA), na madrugada do último Domingo, em Parintins (AM).

Fontes da PM confirmam o envolvimento de dois militares de alta patente, porém não revelaram a identidade dos mesmos. Porém, a investigação feita nos celulares do bando fizeram a polícia chegar aos oficiais. Um deles seria um major do comando de policiamento da PM em Parintins e o outro seria um tenente lotado em Manaus.

Ao todo, cinco pessoas foram presas e o valor foi recuperado.