O papa Francisco se manifestou contra queimadas na Amazônia neste domingo (25/08/2019). Após a oração tradicional do Ângelus, o pontífice pediu que os incêndios que afetam a área “sejam controlados o mais rápido possível”.

“Estamos preocupados com os incêndios que ocorrem na Amazônia. Esse pulmão florestal é vital para o nosso planeta”, disse o pontífice diante de fiéis reunidos na Praça São Pedro.

Em maio deste ano, o papa Francisco recebeu no Vaticano o líder indígena Raoni, que veio alertar a Europa sobre o desmatamento na Amazônia.

Em 2015, após a publicação da encíclica “Laudato si”, o líder católico denunciou a exploração da floresta amazônica por “enormes interesses econômicos internacionais”.

O papa Francisco convocou para outubro deste ano uma assembleia de bispos para discutir temas sobre a Amazônia e pediu aos católicos do planeta que “rezem para que, graças ao empenho de todos, esses incêndios se extingam o mais rápido possível”.

Leia também: