Geremias Ribeiro da Silva, 36, foi preso, na manhã desta terça-feira (28), no bairro Mauzinho, Zona Leste da capital, por policias militares das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam). A Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) investigava o indivíduo, que já responde por homicídio e era foragido do sistema prisional, como sendo um dos líderes de uma facção criminosa.

Segundo o capitão Aldyvan, Geremias, que é ‘pistoleiro’ e confessou quatro homicídios, estava preso no Centro de Detenção Provisória Masculina 2 (CDPM 2), mas fugiu no dia 12 de maio de 2018. Desde então, era procurado pela polícia por ter virado um dos líderes de uma facção criminosa.

O capitão disse, ainda, que Geremias foi encontrado após denúncia anônima. Na manhã desta terça, a Rocam foi até Mauzinho e chegou no ‘pistoleiro’. Ele estava de posse de uma pistola Glock ponto 40, adesivada com imagens de dólares. Na continuação do flagrante, a polícia foi até o local em que o homem estava escondido e encontrou um fuzil colt, calibre 556; um revólver 38 e uma espingarda calibre 32.

“O suspeito comandava a facção, no bairro Mauzinho. Ele era o braço direito de um líder de uma facção que comanda o Estado e estava em uma casa, próximo a um rio, e já havia um bote pronto para ele fugir”, detalhou o capitão.

Geremias foi levado a sede DRCO, bairro Compensa, zona oeste, onde foi flagranteado por porte ilegal e arma de fogo. Após os procedimentos legais, ficará à disposição da Justiça.