Festas clandestinas, entre elas um “swing” (troca de casais/sexo grupal), foram fechadas na madrugada deste domingo (10) em Manaus, que enfrenta um novo colapso diante do agravamento da pandemia do coronavírus. 

Os eventos aconteciam nos bairros Dom Pedro, zona Centro-Oeste, e Cidade Nova, zona Norte, e contavam com entre 12 e 15 pessoas cada.  O secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates, que orientou o Núcleo Especializado de Operações de Trânsito (Neot), do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) a realizarem a ação.

“Nesses casos, acabamos observando a situação de anormalidade em virtude dos carros estacionados nas proximidades. Estavam todos bem aglomerados e de portas fechadas para tentar inibir as fiscalizações, mas foram pegos demonstrando falta total de respeito e colocando a saúde e a vida de toda a população em risco”, disse o coordenador do Neot, Victor Mansur.   

“Rolezinho” de motocicletas

No bairro Jorge Teixeira, zona Leste, ainda foi frustrado um encontro de motociclistas, resultando também na apreensão de 7 motos com irregularidades.

CIF terrestre e fluvial – A Central Integrada de Fiscalização (CIF), coordenada pela SSP-AM, realizou a vistoria de 16 estabelecimentos nas zonas centro-sul e oeste de Manaus, para verificar se o decreto estadual estava sendo cumprido. 

Doze locais vistoriados estavam fechados. No Aleixo, o bar Sr. Beef foi autuado por descumprimento do decreto governamental de prevenção à Covid-19. O espaço estava aberto e com atendimento ao público. 

Flutuantes

Na tarde deste sábado, durante a CIF fluvial, cinco flutuantes foram fiscalizados. Quatro estavam fechados, estando aberto somente o Flutuante da Doró, onde foram constatadas lanchas atracadas com pessoas fazendo consumo de refeições dentro das embarcações, desvirtuando o conceito de “delivery” ou “coleta”, autorizados pelo decreto. O proprietário do local foi orientado pela equipe. 

________________________________
Fonte: Portal do Holanda