Profissionais da saúde recebem orientações em Manaus — Foto: José Nildo/Semsa

A Prefeitura de Manaus vai abrir, a partir desta segunda-feira (20), inscrições para a contratação temporária de 320 profissionais de saúde. As vagas são para farmacêuticos, fisioterapeutas, técnicos em patologia clínica e técnicos em enfermagem.

O contrato para servir à Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) terá seis meses de duração. Todas as forças serão usadas no enfrentamento ao novo coronavírus. O Edital de Chamamento Público foi publicado no Diário Oficial do Município (DOM) desta sexta-feira.

São 70 vagas para técnico em patologia, sendo quatro para Pessoas com Deficiências (PCDs) e 230 vagas para técnico em enfermagem (12 para PCDs), em regime de trabalho de 40 horas, com salários de R$ R$ 2.667,85.

No caso de fisioterapeutas, com 30 horas de trabalho, e farmacêuticos, com regime de 20 horas, são dez vagas para cada função e salário de R$ 6.235,21. Os classificados irão trabalhar nos Estabelecimentos Assistenciais de Saúde (EAS) da Semsa.

O secretário alerta que por conta do cuidado com a saúde de pessoas que se enquadram no grupo em que a Covid-19 pode se manifestar de forma mais grave,

Não serão permitidas as inscrições de candidatos em grupo de risco como, por exemplo, pessoas com 60 ou mais anos. O mesmo vale para profissionais com comorbidades, gestantes e lactantes ou portadores de doenças crônicas e respiratórias ou comprometedoras de imunidade.

Inscrições

As inscrições deverão ser feitas exclusivamente pela internet, na página da Semsa, a partir de 0h do dia 20 e vão até às 23h59min do dia 22. O candidato deverá preencher a ficha de inscrição on-line e anexar os documentos comprobatórios digitalizados. Ao concluir o procedimento de inscrição, o sistema gerará o comprovante de inscrição, devendo este ser impresso e ficar sob posse do candidato.

Recursos humanos

Desde o anúncio da pandemia do novo coronavírus, pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a Prefeitura de Manaus vem adotando medidas para proteger a população e enfrentar a doença. Uma delas foi a convocação de mais de 400 profissionais, entre enfermeiros e técnicos de enfermagem, para assinar contrato temporário de seis meses e atuar na linha de frente do combate à pandemia de Covid-19.

Dos 402 convocados, 111 são enfermeiros e o restante (291) são técnicos de enfermagem. Desses, 100 enfermeiros e 263 técnicos de enfermagem para atuar no Hospital de Campanha Municipal Gilberto Novaes, unidade mantida pela Prefeitura de Manaus, em parecia com o Grupo Samel, montada no Centro Integrado Municipal de Educação (Cime) do Lago Azul, na zona Norte.

Os demais foram distribuídos na Estratégia Saúde da Família (ESF), reforçando o combate ao novo coronavírus nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). A Prefeitura de Manaus também abriu processo seletivo para selecionar mais 32 médicos bolsistas, além de cadastro reserva. Os selecionados trabalham com carga horária de 40 horas por semana, com valor de bolsa de R$ 11 mil.