Na noite desta sexta-feira, 27, os moradores do Parque Residencial Manaus, conhecido como Prosamim da Ramos Ferreira, no Centro, passaram por um costumeiro ‘sufoco’ com a chuva que atingiu a cidade.

As áreas mais baixas do conjunto ficaram alagadas, assim como a rua principal, a avenida Igarapé de Manaus. Alguns apartamentos também. A causa seria a falta de manutenção do sistema de esgoto local, que precisou ser desentupido pelos próprios moradores.

Na semana passada, após denúncia do Portal Beiradão, a empresa Águas de Manaus chegou a encaminhar uma equipe para realizar o serviço em um dos poços que atendem os apartamentos. Porém, um encanador, que é morador do local, disse que o serviço foi mal feito. “Quando eles viram que a água e dejetos passaram, eles pararam. Mas, o certo é realizar a limpeza da tubulação. Se não fizer esse processo, daqui a alguns dias alaga novamente”, explica.

Para completar, o Parque Residencial Manaus ficou às escuras durante o período da chuva, prejudicando ainda mais os moradores.

Os alagamentos têm se tornado constante no local, tanto que moradores de apartamentos próximos à quadra de esportes do bloco 1B construíram barreiras para evitar que a água invada suas residências.

Os moradores esperam que tanto a Águas de Manaus quanto a Prefeitura de Manaus possam ter um olhar mais responsável pelo “Prosa”, como é carinhosamente conhecido o lugar.