A capital amazonense foi a escolhida pelo Partido Social Cristão (PSC) para receber o I Seminário da Fundação Liberdade Econômica, encontro nacional que teve participação do presidente da sigla, Pastor Everaldo, e do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel. Tendo como anfitrião o governador Wilson Lima, o evento debateu sobre Liderança Política, Social, Econômica e de Planejamento e Orçamento.

O encontro reuniu lideranças do partido de Manaus e do interior e serviu para marcar o crescimento do partido no estado. Alguns nomes de peso aproveitaram a presença do Pastor Everaldo para assinar suas cartas de filiação. Entre esses nomes, estão o do prefeito de Maués, Júnior Leite,  que passa a ser o presidente do diretório em Maués. A ida dele ao PSC já era cogitada por pessoas próximas a eles e o governador, tendo em vista que Júnior foi o primeiro prefeito do interior a aderir à campanha de Lima.

O deputado estadual Dr Gomes, deixa o Partido Republicano Progressista (PRP) pelo PSC e assume como segundo secretário estadual do partido em Manaus.

Fontes internas do partido deixaram escapar que novas filiações serão anunciadas e que todo o processo tem sido conduzido pelo próprio governador Wilson Lima, que determinou alguns municípios chaves e retribuirá o apoio daqueles que “colocaram fé” na vitória dele. Alguns municípios já têm nomes de prefeituráveis definidos.

Os correligionários do PSC destacam também o trabalho de Rodrigo Lima, secretário do partido, responsável pela reorganização burocrática da legenda. “É uma dupla de peso, o homem (governador) articula e ‘abençoa’ e o Rodrigo e a equipe dele organizam a casa, deixando tudo certinho, conforme a Lei”, comenta um dos participantes do evento.