Foto: Divulgação

Policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) estão a procura de Michel Sabóia Xavier, 19, principal suspeito de ter torturado e matado por estrangulamento a adolescente Heloísa Medeiros da Silva, de 17 anos de idade.

Ele deveria ter se apresentado na sede da DEHS às 15h desta segunda-feira (16), com advogado, mas mão apareceu. De acordo com o titular Paulo Martins, ainda não há previsão para a apresentação.

“O advogado dele nos procurou e disse que ia trazer ele hoje, mas não vieram” disse o delegado.

A informação passada para a polícia por um familiar da vítima é que Michael teria contado que ele estava no bar Gargalo, no Vieiralves, no sábado à noite (14), e que saiu de lá com Heloísa para a casa da avó dele, na rua Miranda Leão, Centro.

Ele teria dito ainda que quando chegaram na casa e foram ter relações sexuais, a adolescente, que estava sob efeito de cocaína, começou a se debater, o que teria, segundo ele, causado a quebra do seu pescoço e os demais hematomas pelo corpo adolescente.

O delegado Paulo Martins disse que está aguardando que o suspeito se apresente. Quem souber do paradeiro do Michel, pode informar o local por meio do número 181.

A moça foi encontrada no início da manhã de domingo (15), vestida com as roupas íntimas e com as unhas de silicone arrancadas e o cabelo cortado.