A delegada Alynne Lima, do 16º Distrito Integrado de Polícia (DIP), pediu na justiça a prisão preventiva de Samara Silva Pinheiro, 19, conhecida como Samara Pavanelly, nas redes sociais. Ela é acusada de lesão corporal grave contra uma funcionária pública de 35 anos, que teve parte do lábio arrancado com uma mordida desproporcional.

A funcionária pública segue internada no Hospital e Pronto Socorro João Lúcio e há previsão de fazer nova cirurgia nesta terça-feira (26), uma segunda parte da reconstituição do lábio inferior decepado em mais de 70%.

Em depoimento, Samara confessou ser a responsável pela agressão, alegando legítima defesa.

Leia mais:

https://www.facebook.com/portalbeiradao
Curta nossa fan page.